◊ Conheça um pouco mais sobre os principais times do futebol profissional de Mato Grosso:

MIXTOimagemMIXTO ESPORTE CLUBE

Fundação:20/05/1934
Presidente: PAULO CÉSAR GATÃO
Endereço: – – –
Estádios: ARENA PANTANAL E PRESIDENTE EURICO GASPAR DUTRA, O DUTRINHA

Cores: preto e branco

Alcunha: Tigre da Vargas (em alusão ao antigo endereço, na Avenida Getúlio Vargas – região central de Cuiabá)

Mascote: Tigre
Telefone:—

Site: www.mixtoec.com.br (0ficial) e www.mixtonet.com

O Mixto Esporte Clube foi fundado em 20 de maio de 1934. A agremiação recebeu este nome por congregar homens e mulheres em uma equipe de vôlei que se chamava Esporte Clube Pelote. Entre os fundadores, pessoas que se tornaram tradicionais na história cuiabana, como Ranulpho Paes de Barros, Dona Maria Machado, Gastão de Matos, Dona Naly Hugueney Siqueira,  Avelino Hugueney Siqueira e  Zulmira Canavarros. Na história do Campeonato Mato-grossense pós-divisão do Estado, tem 9 títulos (1979/80/81/82, 1984, 1988/89, 1996 e 2008). Na história geral, entre os períodos do futebol amador e do profissional, contabiliza 24 conquistas estaduais.

•No Campeonato Matogrossense de 2009 o Mixto foi rebaixado para a 2ª Divisão após ser punido pela utilização de jogadores com inscrição irregular. No mesmo ano disputou o Estadual da 2ª Divisão e conquistou o título, voltando à Primeira na temporada 2010.

•Neste campeonato da Segundona de 2009 o Alvinegro bateu um recorde ao aplicar a maior goleada da história do futebol profissional de Mato Grosso: no dia 20 de agosto goleou o Tangará no Estádio Presidente Dutra por 14 x 0 (gols de Buiú quatro, Andrezinho dois, Valderrama, Thiago Tiziu, Alex Sorocaba, Clayton Xavier, Jean, Bebeto, Fred e Calado).

O alvinegro disputou o Campeonato Brasileiro 21 vezes:

– 1ª Divisão – 1976, 1978, 1979, 1980, 1981, 1982, 1983 e 1985 (115 jogos, 35 vitórias, 28 empates e 52 derrotas)

– 2ª Divisão – 1982, 1983, 1986 e 1989 (26 jogos, 7 vitórias, 4 empates e 15 derrotas)

– 3ª Divisão – 1987, 1988, 1996, 2006, 2008 e 2009 (62 jogos, 21 vitórias, 20 empates e 21 derrotas)

– 4ª Divisão – 2010 e 2012 (20 jogos, 10 vitórias, 6 empates e 4 derrotas)

Na Copa do Brasil foram 5 participações (1989, 1990, 1997, 2001 e 2009)  – Fez 11 jogos: 4 vitórias, 1 empate e 7 derrotas, sendo uma delas por WO (em 1989, quando não foi a Porto Alegre para o jogo de volta com o Mixto após perder o primeiro confronto no Verdão por 5 x 0). Passou da primeira fase duas vezes (1989 e 2001, quando foi eliminado na 2ª)

Na história do Campeonato Estadual pós-divisão do Estado:

•O Mixto ficou fora de quatro campeonatos – 1995, 1998, 1999 e 2002

•Em 1982 e 1988, o Mixto foi campeão perdendo apenas uma partida

•O recorde de vitórias do Mixto em um Estadual aconteceu em 1981: 19 vitórias

•A pior campanha mixtense foi no campeonato de 1997: só quatro vitórias, cinco empates e cinco derrotas (pior até do que a de 2009, quando foi rebaixado para a 2ª Divisão)

.Mas o Estadual em que o Alvinegro mais perdeu foi o de 2009: 9 derrotas em 20 jogos disputados.

•O melhor ataque alvinegro foi no Estadual de 1981: 85 gols

•O pior desempenho do ataque aconteceu em 1997 – 17 gols

•O melhor desempenho do sistema defensivo mixtense foi no Estadual de 1988: 7 gols sofridos apenas

•A pior defesa do Mixto foi registrada em 1981: 45 gols sofridos

•O Tigre perdeu dois jogos por WO:

– na primeira vez foi uma derrota que valeu o título do Estadual de 2001. Ocorre que na decisão  do título contra o Juventude de Primavera do Leste, após a derrota no 1º jogo – 3 x 1, no Verdão -, o Mixto entrou com um recurso pedindo anulação da partida alegando Erro de Direito do árbitro ao anular o gol de Odil, após cobrança de pênalti de Toninho. O caso não foi julgado durante a semana e o Mixto não foi à Primavera do Leste para o 2º jogo alegando que o primeiro confronto ainda estava sub-judice. A Federação Mato-grossense de Futebol determinou a derrota do Mixto por WO e confirmou o Juventude como campeão.

•No polêmico pênalti da decisão de 2001, o jogador Toninho escorregou na hora da cobrança, batendo com os dois pés na bola, que iria para a linda de fundo. Mas, antes de sair, Odil tocou para a rede.

– O segundo WO aconteceu em 2009, quando o time não chegou a tempo de um jogo contra o Luverdense no Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde. Alegou que o ônibus quebrara na estrada e chegou na cidade uma hora depois.

 

operario-mtCLUBE ESPORTIVO OPERÁRIO DE VÁRZEA GRANDE

Fundação *:

Em 1º/05/1949

(* em 01/05/2002 foi criado o Operário Futebol Clube Ltda, usando as mesmas cores, uniforme e hino do original)

Presidente: Geovanni Banegas

Endereço: – –
Estádios:  Arena Pantanal e Presidente Dutra, o Dutrinha – em Cuiabá

Cores: vermelho, branco e verde

Alcunha: Chicote da Fronteira
Telefone:- – –

Site: www.operariovg.com.br

O Clube Esportivo Operário de Várzea Grande nasceu em 1º de maio de 1949, fundado pelo desportista Rubens dos Santos, com o objetivo de rivalizar com os cuiabanos Mixto e Dom Bosco. É dono de uma das maiores torcidas do Estado e ganhador de 7 títulos no período pós-divisão de Mato Grosso – 1983; 1985/86/87; 1994/ 95; e 2002.

Após o título estadual de 1997 se licenciou, só voltando a disputar o Estadual em 2002, quando conquistou o título.

Em seguida veio novo pedido de licença e a volta ao futebol apenas em 2013, quando disputou a Segunda Divisão e voltou à elite. Estas idas e vindas, em meio aos pedidos de licença, surgiram dois novos ‘Operários’ na cidade: o Esporte Clube Operário e o Operário Futebol Clube Ltda, ambos usando as mesmas cores, estilo do uniforme e até o hino do Tricolor original.

O Clube Esportivo Operário Várzea-grandense disputou o Campeonato Brasileiro 14 vezes:

– 1ª Divisão – 1979, 1984 e 1986 (40 jogos, 10 vitórias, 11 empates e 19 derrotas)

– 2ª Divisão – 1980, 1982, 1983 e 1992 (31 jogos, 5 vitórias, 6 empates e 20 derrotas)

– 3ª Divisão – 1987, 1993, 1994, 1995, 1997 e 2006 (43 jogos, 12 vitórias, 17 empates e 14 derrotas)

– 4ª Divisão – 2014 (10 jogos, 5 vitórias, 2 empates e 3 derrotas).

Na Copa do Brasil foram 7 participações (1995, 1996, 1998, 2003, 2006, 2007 e 2014) – Fez 12 jogos: nenhuma vitória, 3 empates e 9 derrotas. Nunca passou da 1ª fase.

Na história do Campeonato Estadual pós-divisão do Estado:

•O Operário não disputou o Estadual duas vezes – 1990 e 2001 (licenciado); 2012 e 2013 (estava na Segunda Divisão)

•Nos estaduais de 1987 e 2002, foi campeão perdendo apenas um jogo

•O recorde de vitórias do Tricolor em um campeonato aconteceu em 1995 – 19 vitórias

•A pior campanha operariana foi em 2011, ano do rebaixamento: só duas vitórias, dois empates e seis derrotas

.O campeonato com mais derrotas foi o de 2000, quando perdeu 10 jogos

•O melhor ataque do Ope foi o de 1995: 61 gols marcados.

•Seu pior ataque foi no Estadual de 1888, quando marcou apenas 7 gols

•Na defesa, o pior desempenho aconteceu em 2004: sofreu 46 gols

•Nos campeonatos de 1986 e 1987 a defesa operariana sofreu apenas 7 gols

•O Chicote nunca perdeu um jogo por WO na competição


 

ESCUDO DOM BOSCOCLUBE ESPORTIVO DOM BOSCO

Fundação: 04/01/1925

Presidente: ADBAR DA COSTA SALES

Endereço: Rua Diogo Ferreira, bairro Bandeirantes
Estádio: PRESIDENTE EURICO GASPAR DUTRA, O DUTRINHA

Cores: branco e azul

Alcunha: Azulão da Colina ou Leão da Colina

Mascote: Leão
Telefone:- – –

O Clube Esportivo Dom Bosco é o time mais antigo de Mato Grosso.  Foi fundado no dia 4 de janeiro de 1925. Conhecido como o Leão da Colina, por ter sua sede no Morro da Luz, região central de Cuiabá.

Na história do Estadual – pós-divisão – tem apenas um título, conquistado em 1991. Em 2006, amargou o vexame de ser rebaixado para a Segunda Divisão. Mas, por decisão da Federação Mato-grossense de Futebol, o campeonato da ‘Segundona’ não foi disputado e o Azulão foi mantido na divisão principal, assim como o Sorriso Esporte Clube, que também fora rebaixado no ano anterior. A partir de 2007 se licenciou e só reativou seu departamento de futebol (através de parceria com a Aleco – Associação Leões da Colina, mantida por um grupo de torcedores do clube) em 2014 quando disputou a Segunda Divisão, conquistou o título e garantiu a volta à ‘elite’ para 2015.

O alviceleste disputou o Campeonato Brasileiro 5 vezes:

– 1ª Divisão – 1977, 1978 e 1979 (52 jogos, 10 vitórias, 12 empates e 36 derrotas)

– 2ª Divisão – 1989 (10 jogos, 4 vitórias e 6 derrotas)

– 3ª Divisão – 1981 (8 jogos, 7 vitórias, 4 empates e 2 derrotas)

Na Copa do Brasil o Azulão tem apenas uma participação: foi em 2003, quando foi eliminado logo no primeiro jogo ao ser goleado pelo Sport Recife por 5 x 0 no Estádio Verdão.

dbosco1991

O elenco do último título alviceleste (campeão estadual de 1991)

 

Na história do Campeonato Estadual pós-divisão do Estado:

•O Dom Bosco não disputou os campeonatos de 1999, 2000, 2005 e a partir de 2008 até 2014 – voltou a 1ª Divisão em 2015 após conquistar o título da Segunda no ano anterior.

•Em 1979 e 1990, o Azulão não conquistou o título, mas terminou os campeonatos com apenas duas derrotas

•O recorde de vitórias do Dom Bosco em uma mesma competição é de 16, em 1990 e 1991

•A pior campanha dombosquina aconteceu em 2006 – nenhuma vitória, três empates, seis derrotas e rebaixamento para a 2ª Divisão

•Em 1990 o Dom Bosco teve o seu melhor ataque – 42 gols marcados

•O pior ataque foi o de 2006, que marcou só seis gols

•A melhor defesa alviceleste foi registrada no Estadual de 1996, quando sofreu apenas 12 gols

•Em 1982, o Dom Bosco sofreu 48 gols – sua pior defesa da história

•Na sua única conquista – em 1991 – o Dom Bosco alcançou um feito inédito até hoje: é o único campeão estadual que durante a competição passou pela Repescagem

•O Dom Bosco perdeu três partidas por WO na história do Estadual – para o Barra e para o Palmeiras em 1985, e para o Vila Aurora em 1995


 

CUIABÁ ESPORTE CLUBE

Fundação: 10/12/2001
Presidente: ARON DRESH

Endereço: Rodovia BR 364, s/n Bairro Distrito Industriário – Cuiabá-MT

Estádio: ESTÁDIO PRESIDENTE DUTRA, O DUTRINHA

Cores: amarelo, verde e branco

Alcunha: Dourado Cuiabano

Mascote: peixe dourado
Telefone: (65) 3667 6706

Site: www.cuiabaesporteclube.com.br

O Cuiabá Esporte Clube foi fundado pelo ex-jogador Luis Fernando Tófoli, o Gaúcho (ex-Flamengo, Grêmio e Palmeiras, entre outros times) com o propósito de revolucionar a gestão administrativa no futebol mato-grossense. E começou muito bem. A partir da base da Escolinha de Futebol do Gaúcho, o Cuiabá se estruturou com Centro de Treinamento e um sólido apoio organizacional aos seus atletas. Estreou no Campeonato Mato-grossense em 2003 conquistando o título – feito que repetiu em 2004. Disputou também os campeonatos de 2005 e 2006, mas já sem o mesmo brilho. Licenciou-se em 2007, mantendo apenas suas atividades nas categorias Sub-17 e Sub-18. Em 2008 o ex-jogador Gaúcho deixou a diretoria do clube, que passou a ser administrado pelos irmãos Neto e William Nepomuceno, em sociedade com a família Dresh, representada por Cristiano. Pouco depois, a Dresh se tornou proprietária única do clube, tendo Cristiano como vice-presidente e mandatário máximo. Em 2010 ganhou o título da Copa Mato Grosso e em 2011 foi campeão mato-grossense, se credenciando para disputar a Série D do Campeonato Brasileiro. Com excelente campanha, se classificou para a Série C de 2012. Voltou a ser campeão estadual em 2013/2014/2015.

O Dourado (como ficou conhecido)  disputou o Campeonato Brasileiro seis  vezes:

3ª Divisão – 2003/2004/ 2012/13/14. Jogou 66 vezes, venceu 23, empatou 20 e perdeu 23.

4ª Divisão – 2011 (14 jogos, 8 vitórias, 1 empatee 5 derrotas; 30 gols pró e 18 gols contra)

Na Copa do Brasil o Cuiabá  teve cinco participações (2004/2005, 2011/2012/2014). Fez 11 jogos:  uma vitória, quatro empates e seis derrotas.


 

SINOPSINOP FUTEBOL CLUBE

Fundação: 16/01/1977
Presidente:
Endereço:- –

Cores: branco e azul

Alcunha: Galo do Norte

Mascote: galo
Estádio: GIGANTE DO NORTE, capacidade 10 mil pessoas
Telefone:- –

O Sinop Futebol Clube foi o primeiro time do interior a conquistar o título mato-grossense (em 1990). Depois ganhou também os certames de 1998 e 1999.  Participou do Estadual pela primeira vez em 1989 – de lá para cá ficou fora dos campeonatos de 1993, 2005 e 2006. Foi campeão três vezes – 1990, 98 e 99. Foi também o primeiro time do interior a sagrar-se campeão mato-grossense.

Em 2010 o time foi rebaixado para a Segunda Divisão do Campeonato Estadual. Em 2012 ficou com o vice-campeonato da Segundona, garantindo o direito de voltar à elite. Mas, em 2014 foi novamente rebaixado – punido por ter utilizado jogadores sem condições legais de jogo nas primeiras rodadas.

O Galo do Norte, como é chamado por seus torcedores, nunca disputou o Campeonato Brasileiro.

Da Copa do Brasil, participou duas vezes – 1999 e 2000. Em ambas foi eliminado na 1ª fase (6 jogos, uma vitória, um empate e quatro derrotas).


 

sorrisoSORRISO ESPORTE CLUBE

Fundação: 20/07/1985
Presidente: – –

Endereço: Avenida Natalino Brascansin, 385, Centro, Sorriso/MT

Cores: branco e verde

Alcunha: Lobo do Norte

Mascote: lobo
Estádio: EGÍDIO JOSÉ PREIMA, capacidade para 5 mil pessoas
Telefone:- –

O Sorriso Futebol Clube ganhou destaque no futebol mato-grossense a partir de 1992, quando estreou na competição e de cara conquistou seu primeiro título estadual. No ano seguinte, repetiu a dose. Nas suas duas conquistas derrotou na final os times mais tradicionais do futebol de Mato Grosso: Mixto em 1992 e Operário em 1993. Não participou dos estaduais de 1996, 98, 99, 2000, 2002 e 2003.

Em 2012 foi rebaixado para a 2ª Divisão. Em 2013 foi campeão da Segundona mas no ano seguinte desistiu de disputar o Estadual e foi novamente rebaixado.

O  Sorriso é chamado de Lobo do Norte e nunca disputou o Campeonato Brasileiro.

Da Copa do Brasil, participou em 1993 e 1994 – eliminado na primeira fase: fez 4 jogos, empatou 2 e perdeu 2.


 

JUVENTUDESOCIEDADE ESPORTIVA RECREATIVA JUVENTUDE

Fundação: 23 de maio de 1982
Endereço:–

Estádios: Asa Delta e Cerradão, ambos com capacidade para 5000 pessoas
Cores: Vermelho e branco

Campeão Mato-grossense da Segunda Divisão em 1990, o Juventude foi uma equipe de grandes investimentos e resultados no início dos anos dois mil, sagrando-se bicampeão estadual em 2000 e 2001. Estreou no certame em 1991 – de lá para cá, ficou fora dos campeonatos de 1995 a 1998; 2004; voltou em 2006, mas a partir de 2007 não participou mais da competição.

O Juventude disputou o Campeonato Brasileiro da Série C em 1999: 10 jogos, 4 vitórias, 1 empate e 5 derrotas.

Da Copa do Brasil, participou duas vezes – 2001 (eliminado na segunda fase – quando conseguiu um resultado histórico ao golear o Fluminense-RJ por 4×1 no Estádio Verdão) e 2002 (eliminado na 1ª): fez 8 jogos, venceu 3 e perdeu 5.


 

VILA AURORASOCIEDADE ESPORTIVA VILA AURORA

Fundação: 01/03/1969
Presidente:

Endereço:- –

Estádio: Estádio Luthero Lopes, capacidade para 15 mil pessoas

Cores: azul e branco

Alcunha: Tigrão da Vila

Mascote: Tigre
Site: www.vilaauroramt.com.br

A Sociedade Esportiva Vila Aurora estreou no Campeonato Estadual da 1ª Divisão em 1990, após conquistar o título da 2ª Divisão do ano anterior. Não disputou o campeonato de 1996 a 2000. Tem um título estadual – conquistado em 2005 derrotando o Operário-VG na final.

Em 2013 foi rebaixado mas conseguiu na Justiça o direito de continuar na 1ª Divisão. Mas no ano seguinte desistiu do Estadual às vésperas de seu início, alegando dificuldades financeiras, e foi rebaixado para a Segunda Divisão.

O Tigrão da Vila  disputou o Campeonato Brasileiro três vezes – duas na Série C e outras duas na D:

3ª divisão – 2005 (10 jogos, 5 vitórias, 3 empates, 2 derrotas; 22 gols pró; 16 gols contra)

4ª Divisão -2010 e 2011 (20 jogos, 5 vitórias, 7 empates, 8 derrotas; 20 gols pró; 29 gols contra)

Na Copa do Brasil o Vila Aurora tem uma participação. Foi em 2006, quando foi eliminado ainda na primeira fase pelo Santa Cruz (PE): 2 jogos, 1 empate e uma derrota.

 

 

CACERENSECACERENSE ESPORTE CLUBE

Fundação: 05/07/2005
Presidente:
Endereço:- –

Cores: azul e branco

Alcunhas: Crocodilo do Pantanal e Fera da Fronteira

Mascote: crocodilo
Estádio: GERALDÃO
Telefone: —

O Cacerense Esporte Clube estreou no Campeonato Mato-grossense em 2007 e já no ano seguinte conquistou seu primeiro título ao bater o Jaciara na final. Em 2009 foi rebaixado para a Segunda Divisão, mas garantiu o retorno à elite no mesmo ano ficando com a 3ª vaga do Campeonato da Segunda Divisão. Em 201o foi novamente rebaixado e em 2012 conquistou o título da Segunda Divisão garantindo o direito de retornar à elite em 2013. Em 2015, punido pelo uso de jogadores irregulares no início da competição, foi novamente rebaixado.

O Cacerense tem uma participação no Campeonato Brasileiro: foi em 2006, quando disputou a Série-C, realizando 6 jogos, vencendo 2, empatando 1 e perdendo 3.

Na Copa do Brasil o Cacerense também tem uma única participação: em 2008 fez um jogo apenas, no Verdão contra o Goiás, foi goleado por 4 a 1 e eliminado.


 

UNIÃO ESPORTE CLUBE

Fundação: 06/06/1973
Presidente:Carlinhos Rufino
Endereço:
Estádio: LUTHERO LOPES, para 15 mil pessoas

Cores: vermelho e branco

Alcunhas: Colorado ou Vermelhinho

Telefone:
Site: www.uniaoec.com.br

Criado a partir da união de quatro equipes do futebol amador de Rondonópolis, o União se tornou um dos mais tradicionais e importantes times do futebol profissional de Mato Grosso. Vice-campeão 9 vezes (1975/1980/1984/1991/1995/1997/2001/2004/2008), carregou por muito tempo o estigma e o tabu de nunca ter conseguido o título do Campeonato Mato-grossense. Depois de perder dois títulos em casa – para o Cuiabá em 2004 e para o Mixto em 2008 – finalmente quebrou o jejum ao conquistar o Campeonato Estadual de 2010 derrotando o Operário na decisão.

Para tentar entender e explicar o longo jejum surgiu até uma lenda sobre o não pagamento de uma lavadeira do clube, que em represália teria ‘rogado uma praga’, dizendo que enquanto não recebesse o que lhe era de direito o time não seria campeão. O fracasso no Estadual de 2008, quando foi o time com maior investimento e mesmo assim perdeu o campeonato para o modesto elenco do Mixto, reforçou a lenda, que ganhou manchetes na mídia nacional.

É a única equipe que participou de todos os campeonatos mato-grossenses desde sua fundação.

O colorado de Rondonópolis  disputou o Campeonato Brasileiro 12  vezes (nunca na 1ª Divisão):

– 2ª Divisão – 1980, 1981, 1984, 1985 e 1989 (28 jogos, 5 vitórias, 9 empates, 14 derrotas)

– 3ª Divisão – 1990, 1995, 1997, 2000, 2001, 2002 e 2004 (44 jogos, 11 vitórias, 8 empates, 25 derrotas)

Na Copa do Brasil foram 5 participações: 1991, 2000, 2005, 2009 e 2011. Em todas foi eliminado na primeira fase – 8 jogos, 1 vitória, 3 empates e 4 derrotas. Seu maior feito foi ter vencido o Internacional de Porto Alegre no primeiro confronto de 2009 (1 x 0 em Rondonópolis).


 

PALMEIRAS imagemPALMEIRAS ESPORTE CLUBE / MATO GROSSO ESPORTE CLUBE

Fundação:01/08/1948 (*em julho/2012 o time mudou de nome passando a se chamar Mato Grosso Esporte Clube)
Presidente: 

Endereço: Avenida Beira Rio, n° 1837, bairro Praeirinho, Cuiabá

Cores: branco e verde (em 2008 lançou um segundo uniforme nas cores amarelo e grená)
Estádio: Presidente Dutra, o Dutrinha
Telefone:
Site: www.palmeirasmt.com.br

Na história do Campeonato Estadual pós-divisão do Estado, como Palmeiras:

Participou de 1979 a 1988, licenciando-se por 19 anos, voltando a participar em 2008, quando retornou na condição de campeão da Segunda Divisão. Em 2010 foi novamente rebaixado, retornando a divisão principal em 2011 como vice-campeão da Segundona.

Nunca participou de uma competição nacional.

Em 2012 o time mudou oficialmente de nome e de cores: passou a se chamar Mato Grosso Esporte Clube com as cores amarelo, azul, preto e vermelho.

Em 2014 foi rebaixado para a 2ª Divisão.

 

CÁCERES ESPORTE CLUBE

Fundação:10/01/1977
Presidente:
Endereço:–

Cores: branco e azul
Estádio: GERALDÃO
Telefone:

O Cáceres Esporte Clube disputou o Campeonato Mato-grossense pela primeira vez em 1977. Ficou fora da competição em 1978 e depois de 1980 até 1986, voltando em 1987 e participando até o campeonato de 2001, quando após a primeira rodada decidiu abandonar a competição alegando problemas financeiros. Foi punido pela Federação Mato-grossense de Futebol e só voltou ao campeonato em 2009. Foi rebaixado em 2010 e não voltou mais a divisão principal.

Nunca disputou uma competição nacional.

 

RECRONDONÓPOLIS ESPORTE CLUBE S/A – REC

Fundação: 16/08/2006
Presidente:
Endereço:Rondonópolis – MT | Rua Osvaldo Cruz, 1685 , Vila Goulart CEP. 78745-410 Caixa Postal 446

Cores: Azul, vermelho e amarelo

Alcunha: Leão do Sul

Mascote: leão
Estádio: LUTHERO LOPES
Telefone: (66) 3423-1446
Site: www.rondonopolisec.com.br

Clube-empresa, o Rec disputou o Campeonato Mato-grossense pela primeira vez em 2008. O clube foi criado a partir da sociedade de quatro amigos apaixonados por futebol que adquiriram uma área de 8 hectares onde iniciaram a construção da sede própria e Centro de Treinamentos do clube (atual “Boca do Leão”). A prioridade é a formação de novos jogadores.

Em 2010 foi rebaixado para a Segunda Divisão, retornando em 2011 como campeão da Segundona.

 

NOVA XAVANTINANOVA XAVANTINA ESPORTE CLUBE

Fundação: 20/03/1978
Presidente:– –
Endereço: – –

Cores: azul, preto e branco
Estádio: Virgílio Nascimento – capacidade para 4 mil pagantes
Telefone:
Site:

Participou do Campeonato Mato-grossense pela primeira vez em 1992. Depois ficou licenciado de 1993  2001, voltando ao Estadual de 2003. Licenciou-se novamente, até 2007. Retornou em 2008, quando foi rebaixado para a Segunda Divisão. Em 2010 foi campeão da Segunda Divisão mas abriu mão do seu retorno à Divisão Principal por questões financeiras.

Nunca participou de competições nacionais.

 

SOCIEDADE AÇÃO FUTEBOL

Fundação: 31/08/2007
Presidente: – –
Endereço:– –
Estádio: JOSÉ FRAGELLI
Telefone: – –
Site: – –

Criado como clube-empresa, participou apenas do Campeonato Estadual de 2008 e foi rebaixado para a Segunda Divisão. Em 2011 foi adquirido pelo Cuiabá Esporte Clube e disputou a Segunda Divisão, sem sucesso.

 

JACIARAGRÊMIO ESPORTIVO DE JACIARA

Fundação: 15/06/1975
Presidente:– –
Endereço:- –

Cores: branco, preto e azul

Alcunha: Tricolor dos Canaviais
Estádio: MARCIO CASSIANO – capacidade para 5 mil pagantes
Telefone:- –

Criado à imagem e semelhança do Grêmio de Porto Alegre, o Tricolor dos Canaviais participou do Campeonato Estadual pela primeira vez em 1989 (depois disputou também as temporadas de 1990/92/94/96/99, 2001 e a partir de 2003 até 2009). Em 2009 foi eliminado e rebaixado para a Segunda Divisão pela Federação Mato-grossense de Futebol após o primeiro turno da primeira fase sob a alegação de que não havia quitado débitos referentes à transferência de jogadores. Foi vice-campeão em 2007, quando perdeu a final para o Cacerense.

O Grêmio de Jaciara participou do Campeonato Brasileiro duas vezes, ambas na Série-C – em 2003 e 2007: fez 10 jogos, com 4 vitórias, 2 empates e 4 derrotas.

Na Copa do Brasil o Grêmio tem apenas uma participação: foi em 2008, quando mandou seu jogo no Estádio Verdão. Enfrentou o Grêmio de Porto Alegre perdendo por 1 x 0 em Cuiabá e foi goleado por 6 x 0 no jogo de volta, no Estádio Olímpico.


 

LUVERDENSELUVERDENSE ESPORTE CLUBE

Fundação: 04/01/2004
Presidente:
Endereço: Av. Goiás, S/N; Bairro Menino Deus; Lucas do Rio Verde – MT

Cores: branco e verde

Alcunha: Verdão do Norte
Estádio: PASSO DA EMA – para 6.000 torcedores
Telefone: (65) 3549 6822
Site: www.luverdenseec.com.br

O Luverdense estreou no Campeonato Estadual no mesmo ano de sua fundação – 2004. Depois disso o Verdão do Norte participou todos os anos. Conquistou seu primeiro título regional em 2012 ao bater o Cuiabá na decisão – foi campeão novamente em 2012, novamente contra o Cuiabá.

O Luverdense tem oito participações no Campeonato Brasileiro:

2ª Divisão (Série B) – 2014: 15 vitórias, 5 empates, 18 derrotas, 40 gols pró; 46 gols contra.

3ª Divisão – 2005, 2008, 2009, 2010, 2011,  2012, 2013: Jogou 96 vezes, com 39 vitórias, 24 empates e 26 derrotas; marcou 143 e sofreu 125 gols.

Na Copa do Brasil o LEC tem três participações: 2010, 2012, 2013: 12  jogos, 4 vitórias, 4 empates e 6 derrotas – a melhor campanha foi em 2013 quando chegou até a 4ª-Fase, inclusive vencendo o 1º jogo com o Corinthians (1×0 no Passo das Emas).


 

SPORT CLUB TANGARÁ

Fundação: 25/10/2003
Presidente:
Endereço:

Cores: vermelho, verde e azul

Mascote: Tangará
Estádio: MANÉ GARRINCHA – capacidade para
Telefone: (65) 8408-2057

Estreou no Campeonato Estadual em 2004, mas não participou das temporadas de 2006 e 2007. Retornou em 2008 e disputou também o certame de 2009. Nunca conseguiu passar da primeira fase.

 

BARRABARRA DO GARÇAS FUTEBOL CLUBE

Fundação: 05/05/1978
Presidente:
Endereço:

Cores: amarelo e azul

Alcunha: Galinho da Serra

Mascote: Galo
Estádio: ZECA COSTA – capacidade para 5 mil torcedores
Telefone: (66) 3401-9206

Estreou no Campeonato Estadual em 1978 – ano de sua fundação – e só não participou do certame do ano 2000 até ser rebaixado, em 2012; não voltou mais depois disso.. Vice-campeão em 1988 e 2006, nunca conquistou o título. Até 1998 sua razão social era Barra do Garças Esporte Clube.

O Galinho da Serra disputou o Campeonato Brasileiro 3 vezes:

– Série B (2ª Divisão): 1994 e 1995 – 20 jogos, 5 vitórias, 4 empates, 11 derrotas.

(* em 1996 o Barra perdeu sua vaga na Série B por não quitar uma dívida com a Confederação Brasileira de Futebol)

– Série C (3ª Divisão): 1993 (campeão da Seletiva Região Norte, que o classificou para a Série-B do ano seguinte) – 10 jogos, 6 vitórias, 2 empates e 2 derrotas.

O Barra disputou a Copa do Brasil duas vezes – 2004 e 2007 – sendo eliminado na primeira fase em ambas – 2 jogos, 1 empate e uma derrota.

(* em 2004 foi eliminado após empatar o primeiro jogo por 0 x 0 com o Santa Cruz-PE por ter utilizado jogadores sem condições legais de jogo)


 

CRACCLUBE ATLETICO RECREATIVO CAMPOVERDENSE-CRAC

Fundação: 19/10/2005
Presidente:
Endereço:

Cores: azul e amarelo
Estádio: Félix Belém
Telefone: (66) 9215-444

Disputou o Campeonato Estadual pela primeira vez em 2008. Em 2012 foi rebaixado. Nunca participou de competições nacionais.

 

ARAGUAIAARAGUAIA ATLÉTICO CLUBE

Fundação: 01/12/1998
Presidente:
Endereço:

Cores: verde, preto e amarelo

Mascote: pantera

Alcunha: Pantera do Leste
Estádio: Antonio Afonso de Melo – BELINÃO – capacidade para 3 mil pessoas
Telefones:
Site: www.araguaiaatleticoclube.com.br

Participou do Estadual pela primeira vez em 1999. Depois ficou oito anos fora, voltando apenas em 2008 – se licenciou após o campeonato de 2010. Tem um título regional: campeão da Copa Mato Grosso de 2008. Foi indicado pela Federação Mato-grossense de Futebol para representar o Estado na Série-D do Campeonato Brasileiro 2009: fez 12 jogos, venceu 8, empatou 1 e perdeu 3 (marcou 18 e sofreu 13 gols).

AMIGO INTERNAUTA, se você tiver informações para adicionar ao histórico de algum clube, ou mesmo desejar incluir um outro clube de futebol profissional de Mato Grosso ao nosso arquivo, mande uma mensagem acessando o link CONTATO

Obrigado.