CAMPEONATO ESTADUAL / 1ª DIVISÃO

Ainda com o Estado integrado, o primeiro Campeonato de Futebol Profissional de Mato Grosso foi disputado em 1967, mas apenas a partir de 1973 contou com a participação dos times de Campo Grande. E foi deles – Operário-CG e Comercial – o domínio da competição até 1978. Mixto e Operário de Várzea Grande só assumiram a hegemonia a partir de 1979, quando foi realizado o primeiro campeonato do novo Estado do Mato Grosso. Hegemonia esta que durou até a integração regional no início da década de 90, quando times como Sinop, Sorriso e Juventude conseguiram quebrar o ‘domínio da capital’ e tornaram as disputas mais equilibradas, acirradas e diversificadas. Depois deles, também Luverdense, Vila Aurora e União superaram as equipes da capital.

VEJA CLÁSSICO VOVÔ DE 1987: Mixto e Dom Bosco empataram no Estádio Verdão com destaque para um lance inusitado do goleiro Gonçalo, do Azulão.

O video foi cedido pelo professor Paulo Fanaia:

Imagem de Amostra do You Tube

 

TODOS OS CAMPEÕES DE MATO GROSSO

(LISTA REVISADA)

ANO CAMPEÃO VICE
1943 MIXTO  
1944 AMERICANO CBA  
1945 MIXTO  
1946 ATLÉTICO CBA  
1947 MIXTO  
1948 MIXTO  
1949 MIXTO  
1950 ATLÉTICO CBA  
1951 MIXTO  
1952 MIXTO  
1953 MIXTO  
1954 MIXTO  
1955 ATLÉTICO CBA  
1956 ATLÉTICO CBA  
1957 ATLÉTICO CBA  
1958 DOM BOSCO  
1959 MIXTO  
1960 DOM BOSCO  
1961 MIXTO  
1962 MIXTO  
1963 DOM BOSCO  
1964 C.E.OPERÁRIO-VG  
1965 MIXTO  
1966 DOM BOSCO  
1967 C.E.OPERÁRIO-VG MIXTO
1968 C.E.OPERÁRIO-VG  
1969 MIXTO  
1970 MIXTO  
1971 DOM BOSCO  
1972 C.E.OPERÁRIO-VG  
1973 C.E.OPERÁRIO-VG DOM BOSCO
1974 OPERÁRIO-CG DOM BOSCO
1975 COMERCIAL-CG UNIÃO
1976 OPERÁRIO-CG MIXTO
1977 OPERÁRIO-CG COMERCIAL-CG
1978 OPERÁRIO-CG DOM BOSCO
1979 MIXTO C.E.OPERÁRIO-VG
1980 MIXTO UNIÃO
1981 MIXTO C.E.OPERÁRIO-VG
1982 MIXTO C.E.OPERÁRIO-VG
1983 C.E.OPERÁRIO-VG MIXTO
1984 MIXTO UNIÃO
1985 C.E.OPERÁRIO-VG MIXTO
1986 C.E.OPERÁRIO-VG MIXTO
1987 C.E.OPERÁRIO-VG MIXTO
1988 MIXTO BARRA
1989 MIXTO DOM BOSCO
1990 SINOP DOM BOSCO
1991 DOM BOSCO UNIÃO
1992 SORRISO MIXTO
1993 SORRISO C.E.OPERÁRIO-VG
1994 C.E.OPERÁRIO-VG DOM BOSCO
1995 C.E.OPERÁRIO-VG UNIÃO
1996 MIXTO SINOP
1997 E.C.OPERÁRIO-VG UNIÃO
1998 SINOP E.C.OPERÁRIO-VG
1999 SINOP JUVENTUDE
2000 JUVENTUDE SINOP
2001 JUVENTUDE MIXTO
2002 C.E.OPERÁRIO-VG JUVENTUDE
2003 CUIABÁ BARRA
2004 CUIABÁ UNIÃO
2005 VILA AURORA OPERÁRIO LTDA
2006 OPERÁRIO LTDA BARRA
2007 CACERENSE GREMIO JAC.
2008 MIXTO UNIÃO
2009 LUVERDENSE ARAGUAIA
2010 UNIÃO OPERÁRIO LTDA
2011 CUIABÁ BARRA
2012 LUVERDENSE CUIABÁ
2013 CUIABÁ MIXTO
2014 CUIABÁ LUVERDENSE
2015 CUIABÁ C.E.OPERÁRIO-VG
2016 LUVERDENSE SINOP

 

ARTILHEIROS

ANO JOGADOR CLUBE GOLS
1967 a 1973 * * *
1974 TADEU MACRINI OPERÁRIO-CG *
1975 GILSON LIRA UNIÃO 15
1976 EVERALDO OPERÁRIO-CG 18
1977 BIFE

COQUINHO

COMERCIAL-CG

SEI

19
1978 TADEU MACRINI OPERÁRIO-CG 19
1979 BIFE MIXTO 12
1980 BIFE MIXTO 13
1981 TOSTÃO MIXTO 19
1982 VANDERLEI MIXTO 11
1983 BIFE C.E.OPERÁRIO-VG 10
1984 ADEMAR UNIÃO 10
1985 DITO SIQUEIRA C.E.OPERÁRIO-VG 14
1986 SÉRGIO LUIS C.E.OPERÁRIO-VG 10
1987 EVARISTO MIXTO 10
1988 ARILDO MIXTO 8
1989 SILVINHO

VITOR

MIXTO

DOM BOSCO

9
1990 VITOR DOM BOSCO 12
1991 ÍNDIO UNIÃO 16
1992 DITO SIQUEIRA SINOP 15
1993 ARILSON C.E.OPERÁRIO-VG 14
1994 WENDER C.E.OPERÁRIO-VG 17
1995 BUJICA C.E.OPERÁRIO-VG 23
1996 ZÉ HILTON E.C.OPERÁRIO 11
1997 RIVAIR CÁCERES 13
1998 MARCELINHO SINOP 7
1999 TATAU SINOP 17
2000 MORENO BERGA  
  ÍNDIO SINOP 21
2001 FERNANDO VILANOVA JUVENTUDE 11
2002 BIBIL C.E.OPERÁRIO-VG 10
2003 DIOGO UNIÃO ROO 12
2004 DIOGO UNIÃO ROO 22
2005 RINALDO OPERÁRIO LTDA  
  MORENO VILA AURORA 16
2006 RINALDO OPERARIO LTDA 14
2007 CAFU BARRA DO GARÇAS 12
2008 DIOGO UNIÃO 22
2009 JÚNIOR ROCHA LUVERDENSE 9
2010 PAULINHO MARÍLIA LUVERDENSE  
  DOUGLAS OPERÁRIO LTDA 10
2011 FERNANDO CUIABÁ 12
2012 VALDIR PAPEL LUVERDENSE 12
2013 IGOR CUIABÁ 8
2014 JULIANO FOGAÇA SINOP 5
2015 CABIXI POCONÉ 8
2016 ALFREDO LUVERDENSE 13

* Sem registro histórico sobre estas informações

 

TÉCNICOS CAMPEÕES ESTADUAIS

(A PARTIR DA DIVISÃO DO ESTADO)

ANO TÉCNICO TIME
1979 Milton Buzetto Mixto
1980 Hélio Machado Mixto
1981 Aderbal Lana Mixto
1982 Fabinho Pinto Mixto
1983 Nivaldo Santana Ope
1984 Aderbal Lana Mixto
1985 José Calazans Ope
1986 Antonio Malaquias Ope
1987 Mazinho Ope
1988 Hélio Machado Mixto
1989 Natanael Moraes Mixto
1990 Nilo Neves Sinop
1991 Hélio Machado D.Bosco
1992 Lindoberto Zanrroso Sorriso
1993 Geraldo Duarte Sorriso
1994 Célio Lara Ope
1995 Gil Alves Ope
1996 Zequinha Mixto
1997 Gil Alves Ope
1998 Cláudio Marques Sinop
1999 Cláudio Marques Sinop
2000 Carlos Gallo Juventude
2001 Edson Porto Juventude
2002 Éder Taques Operário
2003 Oscar Conrado Cuiabá
2004 Oscar Conrado Cuiabá
2005 Marcos Birigui V.Aurora
2006 Carlos Rufino Operário
2007 Marcos Birigui Cacerense
2008 Arildo Berdun Mixto
2009 Tarcísio Pugliesi Luverdense
2010 Èverton Goiano União
2011 Ary Marques Cuiabá
2012 Dado Cavalcanti Luverdense
2013 Ary Marques Cuiabá
2014 Luciano Dias Cuiabá
2015 Fernando Marchiori Cuiabá
2016 Júnior Rocha Luverdense

 

PRESIDENTES CAMPEÕES DO ESTADO

(APÓS A DIVISÃO)

ANO TÉCNICO TIME
1979 LINO MIRANDA MIXTO
1980 LINO MIRANDA MIXTO
1981 LINO MIRANDA MIXTO
1982 LINO MIRANDA MIXTO
1983 GONÇALO P. DE BARROS OPERÁRIO
1984 JOSÉ LUIS P. DE BARROS MIXTO
1985 EDIVALDO RIBEIRO OPERÁRIO
1986 EDIVALDO RIBEIRO OPERÁRIO
1987 EDIVALDO RIBEIRO OPERÁRIO
1988 ORLANDO CRAICI MIXTO
1989 ORLANDO CRAICI MIXTO
1990 ODEMAR SCHINATO SINOP
1991 LINO MIRANDA D.BOSCO
1992 ELPÍDIO DAROITT SORRISO
1993 ELPÍDIO DAROITT SORRISO
1994 ROBERTO MARTINS OPERÁRIO
1995 ROBERTO MARTINS OPERÁRIO
1996 ORLANDO CRAICI MIXTO
1997 MANINHO DE BARROS OPERÁRIO
1998 ALTAIR CAVAGLIERI SINOP
1999 ALTAIR CAVAGLIERI SINOP
2000 MÁRIO CREMA JUVENTUDE
2001 MÁRIO CREMA JUVENTUDE
2002 ALCEU PROVATTI OPERÁRIO
2003 LUIS CARLOS TÓFOLI – GAÚCHO CUIABÁ
2004 LUIS CARLOS TÓFOLI – GAÚCHO CUIABÁ
2005 CÉLIO CORREA VILA AURORA
2006 WENDEL RODRIGUES OPERÁRIO
2007 CLÓVIS ALVES DOS SANTOS CACERENSE
2008 JÚLIO PINHEIRO MIXTO
2009 HELMUT LAWISCH LUVERDENSE
2010 ARNI SPIERING UNIÃO
2011 ARON DRESCH CUIABÁ
2012 HELMUTE LAWINSCH LUVERDENSE
2013 ARON DRESCH CUIABÁ
2014 ARON DRESCH CUIABÁ
2015 ARON DRESCH CUIABÁ
2016 HELMUTE LAWINSCH LUVERDENSE

 

JOGOS & GOLS

(pós divisão do Estado)

ANO JOGOS GOLS MÉDIA TIMES
2016 78 206 2,6 11
2015 64 153 2,3 10
2014 46 89 1,9 9
2013 77 176 2,2 9
2012 96 236 2,4 10
2011 74 209 2,7 12
2010 111 345 3,1 15
2009 135 395 2,08 16
2008 149 467 3,01 20
2007 111 321 2,8 12
2006 114 317 2,7 12
2005 116 379 3,2 14
2004 140 424 3,02 14
2003 72 225 3,1 12
2002 53 157 2,9 12
2001 82 226 2,7 10
2000 98 296 3,02 9
1999 111 274 2,4 12
1998 36 99 2,7 6
1997 58 152 2,6 8
1996 67 162 2,4 9
1995 100 247 2,4 10
1994 121 277 2,2 14
1993 160 355 2,2 15
1992 176 353 2,01 17
1991 135 288 2,1 12
1990 115 262 2,2 12
1989 87 155 1,7 11
1988 72 125 1,7 9
1987 68 151 2,2 8
1986 72 176 2,4 7
1985 87 202 2,3 7
1984 58 124 2,1 7
1983 54 100 1,8 7
1982 42 105 2,5 6
1981 80 238 2,9 6
1980 74 189 2,5 7
1979 48 110 2,2 7

 

CAMPEONATO ESTADUAL DA 2ª DIVISÃO

ANO CAMPEÃO VICE
1987 Tubarão (Rio Branco) Grêmio (Jaciara)
1988 Sinop Internacional (Coxipó, Cuiabá)
1989 Vila Aurora 14 de Maio (Mirassol D’Oeste)
1990 Juventude Presidente (Tangará da Serra)
1991 Alta Floresta Sorriso
*** 1992 a 2007 ñ foi disputado  
2008 Palmeiras Cáceres
2009 Mixto Cuiabá (* o Cacerense também subiu para a 1ª Divisão de 2010 pelo índice técnico)
2010 NOVA XAVANTINA REC
2011 CRAC PALMEIRAS
2012 SINOP CACERENSE
2013 SORRISO C.E.OPERÁRIO
2014 DOM BOSCO POCONÉ
2015 OPERÁRIO F.C.LTDA ARAGUAIA

 

COPA MATO GROSSO

ANO CAMPEÃO VICE FINAL
2004 Luverdense Cuiabá 6×1 e 1×1
2005 Operário-VG Mixto 1×0 e 2×2
2006 Cacerense Vila Aurora 1×1 e 2×0
2007 Luverdense Cacerense 0x0 e 1×0
2008 Araguaia União 1×1 e 1×0
2009 Vila Aurora Cuiabá 1×1 e 1×0
2010 Cuiabá Operário 3×1 e 2×1
2011 Luverdense Operário 2×2 e 1×0
2012 Mixto União 1×1 e 1×0
2013 REC União 1×1 e 2×0

MATO GROSSO NO CAMPEONATO BRASILEIRO

CLIQUE AQUI para acessar a TV Craques e conferir videos históricos com alguns jogos de nossos representantes na principal competipção nacional!

(entre parênteses o ano da disputa)

Números da 1ª Divisão J V E D GP GC S
MIXTO (76/78/79/80/81/82/83/85) 115 35 28 52 129 174 -45
OPERÁRIO

(79/84/86)

40 10 11 19 39 67 -28
DOM BOSCO

(77/78/79)

52 10 12 36 54 94 -40
ARTILHEIROS    
 
GOLS
 
MIXTO
   
Bife 29  
Tostão 11  
Gonçalves 8  
     
OPERÁRIO    
Mosca 9  
Gérson Lopes 6  
     
DOM BOSCO    
Adilson 21  
Gonçalves 12  
Barga 8  

 

 

Números da 2ª Divisão J V E D GP GC S
LUVERDENSE

(2014) (15) (16)

114 43 30 41 129 125 4
OPERÁRIO

(80/82/83/92)

31 5 6 20 22 65 -43
UNIÃO

(80/81/84/85/89)

28 5 9 14 18 32 -14
MIXTO

(82/83/86/89)

26 7 4 15 31 49 -18
BARRA

(94/95)

20 5 4 11 15 29 -14
DOM BOSCO

(89)

10 4 6 12 12

 

Números da 3ª Divisão J V E D GP GC S
CUIABÁ

(03/04/12/13/14/15/16)

106 33 31 38 123 116 7
LUVERDENSE

(05/08/09/10/11/12/13)

96 39 24 26 143 125 18
MIXTO

(87/88/96/06/08/09)

62 21 20 21 71 91 -20
UNIÃO

(90/95/97/00/01/02/04)

44 11 8 25 41 75 -34
OPERÁRIO

(87/93/94/95/97/06)

43 12 17 14 54 49 5
BARRA

(93)

10 6 2 2 15 5 10
JUVENTUDE

(99)

10 4 1 5 8 10 -2
VILA AURORA

(05)

10 5 3 2 22 16 6
JACIARENSE

(03/07)

10 4 2 4 19 16 3
DOM BOSCO

(81)

8 7 4 2 10 10
CACERENSE
(07)
6 2 1 3 5 8 -3

 

Números da 4ª Divisão J V E D GP GC S
MIXTO

(10) (12)

32 16 8 8 47 31 16
VILA AURORA

(10/11)

20 5 7 8 20 29 -9
OPERÁRIO

(14) (15)

18 6 3 9 19 26 -7
CUIABÁ

(11)

14 8 1 5 30 18 12
ARAGUAIA de Alto Araguaia (09*)
12 8 1  3 18 13 5
ARAGUAIA Barra
6 1 0 5 8 13 -5
SINOP
6 0 3 3 7 11 -4
  • Em 2009 o Araguaia foi punido na primeira fase por ter usado um jogador suspenso e perdeu seis pontos. Mesmo assim se classificou para a segunda fase.

LEGENDA

J – jogos; V – vitórias; E – empates; D – derrotas; GP – gols pró; GC – gols contra; S – saldo

 

COPA DO BRASIL

TIMES J V E D GP GC ANOS DE PARTICIPAÇÃO
CUIABÁ 17 3 6 8 13 24 04 (1ª) / 05 (1ª) / 11 (1ª) / 12 (1ª) / 2014 (2ª) / 15 (2ª) / 16 (1ª)
MIXTO 16 6 2 9* 14 29 89 (eliminado na 2ª fase) / 90 (1ª) / 97 (1ª) / 2001 (2ª) / 2009 (1ª) / 2013 (1ª) / 2014 (1ª)
LUVERDENSE 16 5 4 7 13 15 10 (1ª) / 12 (1ª) / 13 (4ª) / 15 (2ª)
C.E.OPERÁRIO-VG 9 1 2 6 4 18 95 (1ª) / 96 (1ª) / 98 (1ª) / 03 (1ª) / 06 (1ª) / 07 (1ª) / 2015 (1ª) / 16 (1ª)
UNIÃO 9 1 3 5 9 18 91 (1ª) / 00 (1ª) / 05 (1ª) / 09 (1ª) / 11 (1ª)
JUVENTUDE 8 3 5 11 16 92 (1ª) / 01 (2ª) / 02 (1ª)
SINOP 6 1 1 4 6 14 99 (1ª) / 00 (1ª)
DOM BOSCO 5 1 2 2 5 9 03 (1ª) 16 (2ª)
SORRISO 4 2 2 4 11 93 (1ª) / 94 (1ª)
OPERÁRIO LTDA 3 3 3 11 2006 (1ª) / 07 (1ª)
E.C.OPERÁRIO-VG 2 1 1 3 5 1998 (1ª)
BARRA ** 2 1 1 1 4 04 (1ª) / 07 (1ª)
VILA AURORA 2 1 1 1 06 (1ª)
CACERENSE 1 1 1 4 08 (1ª)
JACIARA 1 2 7 08 (1ª)
ARAGUAIA 1 1 1 3 10 (1ª)

 

* Uma derrota por WO

** Em 2004 foi eliminado sem o jogo de volta por ter utilizado jogadores irregulares

 

COPA VERDE

(* Criada pela CBF e disputada pela primeira vez em 2014)

 

TIMES J V E D GP GC ANOS DE PARTICIPAÇÃO
CUIABÁ 16 8 5 3 19 12 2014 (eliminado na 2ª Fase); 2015 (campeão); 2016 (2ª Fase)
LUVERDENSE 8 3 1 4 7 11 2015 (semi); 2016 (2ª Fase)
MIXTO 2 1 1 3 5 2014 (1ª Fase)

 

 

COPA CENTRO-OESTE

(* criada pela CBF e disputada de 1999 a 2002)

TIMES J V E D GP GC ANOS DE PARTICIPAÇÃO
JUVENTUDE 27 5 8 14 31 54 2000 (eliminado na 2ª fase); 2001 (1ª); 2002 (1ª
OPERÁRIO 9 4 2 3 15 17 99 (2ª)
SINOP 2 1 2 3 6 99 (fase preliminar)

LEGENDAS: J – jogos; V – vitórias; E – empates; D – derrotas; GP – gols pró; GC – gols contra; S – saldo

♦♦♦

TORNEIO INÍCIO DE 1960

(Dados e texto enviados pelo radialista William Gomes)

Antigamente era muito comum, em todo o Brasil, iniciar a temporada esportiva com um evento denominado “Torneio Início”. Aqui em Cuiabá não era diferente. Em 1960 nove  equipes participaram da competição.  Mixto, Atlético, Dom Bosco, Operário de Várzea Grande, Americano, XV de Novembro, Palmeiras, Campinas e Aeroviários disputaram o Torneio em dois dias (18 e 19 de junho de 1960). O Torneio foi organizado pela FMD –Federação Mato-Grossense de Desportos. O campeão foi o Clube Atlético Mato-Grossense. As partidas do Torneio Início, todas foram disputadas no Estádio Presidente Dutra, em Cuiabá.

1º Jogo – Palmeiras 0 x 1 XV de Novembro

Gol: Horácio

Palmeiras: Ronaldo; Chico, Zeca, Batista, Joaquim e Suênio; Suênio; Laerte, Leovaldo, Lício Amorim, Antunes e Estral.

XV de Novembro: Lelê; Civis, Gilberto Costa, Martinho, Minhocão e Oseias; Juvi, Gildo, Bem, Natanael e Horácio.

Árbitro: Benedito Luis de Aguiar. Auxiliares: Florizel Soares da Silva.

2º Jogo – Mixto 1 x 0 Americano

Gol: Marcelo (Beleza Pura)

Mixto: Júlio César; Armindo, Nazário, Airton Moreira, Irair e Humberto; Acácio, Bianchi, Marcelo, Ruiter e Jerônimo.

Americano: Paulo; Paulo Borges, Joaride, Flaviano e Jorcil; Sindé, Arlindo, Olívio, Mauricinho e Hamilton.

Árbitro: Florizel Soares da Silva. Auxiliares: Antonio Magalhães e Airton de Souza Franco.

3º Jogo – Dom Bosco 0 x 1 Atlético

Gol: Maurício

Atlético: Fernando; Vital, Geraldo, JK, Portela e Alinor; Ariel, Nato, Maurício, Baicere e Emílio.

Dom Bosco: Valmir; Carmindo, Miguel, Avião e Vilas; João de Deus, Durgeor, Magalhães, Odenir e Edson.

Árbitro: Florizel Soares da Silva. Auxiliares: Airton de Souza Franco e Antonio Magalhães.

4º Jogo – Aeroviários 0 x 0 Campinas

Aeroviários 3 x 2 – por penalidades.

Aeroviários: Jairo; Elias, Flaviano, Dorvile, Maiolino e  Jorcil; Sindé, Arlindo, Olívio, Mauricinho e Hamilton.

Campinas: Marcondes; Peró, Mindola, Severino,Azevedo e Mário; Arruda, Air, Ribeiro, Jorge, Marcionílio e Calazans.

Árbitro: Airton de Souza franco. Auxiliares: Samuel Torquato e Benedito Luis de Aguiar.

5º Jogo – Operário 0 x 1 XV de Novembro

Gol: Manoel José

Operário: Iunes; Nassarden, Ponciano e Gonçalo; Genésio, Simeão, Lindolfo, Botelho e Veriadiano.

XV de Novembro: Lelê; Civis, Martinho, Gilberto Costa, Mindú e Nézinho; Juvi, Gildo, Manoel José, Lourival e Horácio.

Árbitro: Airton de Souza franco. Auxiliares: Samuel Torquato e Benedito Luis de Aguiar.

6º Jogo – Atlético 2 x 1 Mixto

Gols: Baicere, Nato (Atlético) e Ruiter (Mixto).

Atlético: Fernando; Vital, Geraldo, JK, Portela e Mário; Ariel, Altair, Nato, Baicere e Emílio.

Mixto: Júlio César; Armindo, Nazário, Airton Moreira, Irair e Humberto; Acácio, Bianchi, Marcelo, Ruiter e Jerônimo.

Árbitro: Florizel Soares da Silva. Airton de Souza Franco e Samuel Torquato.

7º Jogo – Aeroviários 1 x 1 XV de Novembro

Gols: Gildo (XV) e Olívio (Aeroviários)

Aeroviários venceu nas penalidades por 5 x 4.

Aeroviários: Jairo; Elias, Flaviano, Dorvile e  Jorcil; Sindé, Arlindo, Olívio, Mauricinho e Hamilton.

XV de Novembro: Lelê; Civis, Martinho, Gilberto Costa,m Mindú e Nézinho; Juvi, Gildo, Manoel José, Lourival e Horácio.

Árbitro: Benedito Luis de Aguiar. Auxiliares: Samuel Torquato e Edgar Curvo

8º Jogo – Aeroviários 1 x 1 Atlético

Gols: Altair (Atlético) e Mauricinho (Aeroviários)

O Atlético venceu nas penalidades por 4 a 3.

Aeroviários: Jairo; Elias, Flaviano, Dorvile, Maiolino e Jorcil; Sindé, Arlindo, Olívio, Mauricinho e Hamilton.

Atlético: Fernando; Vital, Geraldo, JK, Portela e Alinor; Ariel, Nato, Altair, Baicere e Emílio.

Árbitro: Airton de Souza Franco. Auxiliares: Samuel Torquato e Edgar Curvo.

O Clube Atlético Mato-Grossense foi o campeão do Torneio Início.O Atlético disputou campeonatos da Federação de 1949 até 1966. Foi uma equipe que marcou época no futebol mato-grossense.